História


A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental nasce – assente nos valores do associativismo e voluntariado – em 2 de Fevereiro de 1962, graças ao empenho de Sheila Stilwell, mãe de uma criança com Síndrome de Down, e da pedopsiquiatra Dr.ª Alice de Mello Tavares.
Ao longo destes 55 anos, a APPACDM expandiu-se pelo país, dando origem a mais de 30 delegações, já autonomizadas, integrando, na sua maioria, a Federação Portuguesa para a Deficiência Mental | Humanitas.


A APPACDM de Lisboa, Instituição Particular de Solidariedade Social, procura desde a sua génese, dar resposta às necessidades, potencialidades e expetativas das pessoas com deficiência intelectual e incapacidade e das suas famílias.

Lutando, de forma empenhada, pela sua inclusão na sociedade defendendo os seus reais interesses nas instituições, no trabalho, no lar e na sociedade, tem como princípios básicos:
• Partilhar lugares comuns;
• Fazer escolhas;
• Desenvolver capacidades;
• Ser tratado com respeito e ter um papel socialmente valorizado;
• Crescer nas relações.

Exemplos disso são a abertura em 1978 da creche “A Tartaruga e a Lebre”, a primeira creche inclusiva do país e das primeiras da Europa, pouco mais tarde a abertura de um centro de formação profissional, tendo em vista a inclusão no mercado de trabalho e, mais recentemente, a criação da equipa de integração que acompanha o movimento da escola inclusiva.

Ao longo destes anos, a crescente procura e a necessidade de responder às solicitações das famílias, aumentou significativamente o número de estruturas de atendimento.

Certificada pelo referencial de Qualidade EQUASS-ASSURANCE | Nível 1, presta serviços, diariamente, a mais de 700 crianças, jovens, adultos, nos concelhos de Lisboa, Almada e Cascais, nas seguintes respostas sociais/serviços:
• Creche
• Centro de Recursos para a Inclusão
• Centros de Atividades Ocupacionais
• Lares Residenciais
• Formação e Emprego
• Transporte Adaptado (Almada)

Tendo em vista a prossecução dos objetivos definidos, a APPACDM de Lisboa conta com uma equipa de cerca de 250 colaboradores, destacando-se a sua multidisciplinaridade nas diferentes respostas que asseguram uma intervenção diferenciada e orientada para o cliente.

A ação conjunta, e em parceria, consolidada ao longo dos anos com os cerca de 100 parceiros, acrescentam particular valor às atividades realizadas pelos utentes na comunidade, reflectindo-se na sua qualidade de vida e na sua inclusão na sociedade.

Os cerca de 800 associados continuam a ser um dos pilares essenciais para a nossa sustentabilidade e desenvolvimento, bem como o garante dos valores da família e do associativismo.

Histórico por décadas