Circular n.º 11A/2020: Suspensão temporária dos Centros de Apoio Ocupacional

A todos os Colaboradores e Familiares/Significativos,

A APPACDM de Lisboa tem seguido todas as recomendações das autoridades oficiais de saúde quanto ao surto COVID-19. Não existe até à data qualquer caso identificado e formalmente reconhecido.

Contudo, tendo em conta a atual evolução da situação nacional e as indicações emanadas ontem pelo Governo de Portugal (Dec Lei nº 10-A de 13.03, artº 9, nº2) com vista a atenuar o quadro de incerteza e alarme social, iremos proceder à suspensão temporária das atividades nos Centros de Apoio Ocupacional, colaborando assim com as medidas de contenção necessárias.

Como tal, os Clientes deixarão de comparecer a partir de 16 de março de 2020 inclusivé, até 9 de abril, devendo os familiares / colaboradores manter-se atentos a eventuais novas orientações, em particular à reavaliação da conjuntura no final do mês corrente.

Mais informamos que, não obstante a suspensão de atividade, se mantém mobilizada toda a estrutura da Instituição. Para esclarecimentos e apoio às famílias deverão, prioritáriamente, ser contactadas as assistentes sociais dos respectivos Centros, assim como os Serviços Centrais.

A gestão de uma crise desta natureza requer responsabilidade e articulação com as autoridades competentes, de forma a evitar alarmismos e intervenções setoriais ou isoladas, que em termos de saúde pública poderão ser contraproducentes. Por conseguinte, a APPACDM de Lisboa mantém-se em contacto diário com os órgãos de tutela, para atuar em conformidade.

A todos se apela à serenidade e ao estrito cumprimento das normas de prevenção e proteção implementadas na Associação e a nível nacional, designadamente o isolamento social. 

Com os nossos melhores cumprimentos,

A Direção