Lares Residenciais

Enquanto resposta social, destina-se a alojar pessoas com deficiência intelectual e incapacidade, com idade igual ou superior a 16 anos que se encontrem impedidas temporariamente ou definitivamente de residir no seu meio familiar.

A APPACDM de Lisboa presta serviços de apoio residencial em cinco estruturas de atendimento nos concelhos de Lisboa, Almada e Cascais:
• Centro Júlia Moreira
• Residência da Penha de França
• Lar das Pedralvas
• Centro da Qta dos Inglesinhos
• Lar Residencial “Casas de Alapraia”

Excetuando a Residência da Penha de França, as restantes estruturas agregam a resposta social de centro de atividades ocupacionais, em que os clientes desenvolvem parte significativa das atividades de cariz ocupacional, motor e terapêutico.

Objetivos
• Proporcionar atividades que visem manter o seu equilíbrio físico, emocional e social;
• Privilegiar a interação com as famílias
• Dar suporte à família, assegurando o bem-estar e qualidade de vida do seu familiar, prestando os cuidados para a satisfação das necessidades básicas de uma forma continuada;
• Promover um ambiente o mais próximo possível do modelo familiar normal;
• Promover a inclusão social de forma a minimizar os efeitos da institucionalização.

Serviços
• Alimentação
• Cuidados de higiene e de imagem
• Tratamento de roupas
• Atividades culturais e passeios
• Assistência Médica e Medicamentosa
• Nutrição
• Alojamento permanente


Legislação Aplicável | Despacho Normativo 28/2006
Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social aprova o Regulamento das Condições de Organização, Instalação e Funcionamento das Estruturas Residenciais para Pessoas com Deficiência

Regulamentos 

As inscrições para Lar Residencial são exclusivas para clientes da APPACDM-Lisboa.